Foi um final de semana inesquecível! Desde a chegada (1h am) até a saída (4h pm), tudo aconteceu com “muita emoção” e quando digo isso estou  sendo literal.

Claro que prefiro não lembrar do episódeo do ônibus quebrado, ainda bem que foi a poucos metros do acampamento, mas não posso deixar de citar o fato pois alí vímos a equipe MPC Curitiba em ação com total empenho para atender o acampante. Eitcha equipe maravilhosa essa que Deus nos deu! Gente que ama a missão, gente que ama gente!

Chegamos no acampamento e o povo acomodou-se nos quartos para dormir, mas a equipe ainda tinha trabalho pela frente. Foi uma reunião de 20 minutos seguidas de ensaios teatrais, revisão de brincadeiras e montagem de equipamento de som. Muitos foram os últimos a dormir às 5h 30′ (eu mesmo fui um) e os primeiros a levantar às 8h 30′ (povo da bandinha, show de bola).

Tá, que a equipe era dedicada a gente já sabe. Tinha até aniversariante que poderia ter ficado em casa fazendo festa mas preferiu trabalhar no retiro de finados (valeu Thomas). Então vamos mudar de assunto e falar do que rolou no Refinados.

Na manhã do primeiro dia, aquele delicioso café da manhã da Jussara.  A programação do retiro começou com ginastiquinha MPC e os famosos teatrinhos sobre “as regras do acampamento”. A Bandinha começou fervendo e o Pastor Gilberto Nievola falou com sabedoria sobre o tema do refinados (Você tem medo de que?)[image title=”acampamentorefinados” size=”medium” id=”343″ align=”none” linkto=”full” ] É, e o “Gilbertão”, ou “Guilbert” para os seus, mostrou a que veio e nos abençou e nos desafiou.

Os acampantes dividiram-se em equipes e inscreveram-se para o enduro! Aproveito para agradecer a equipe Moriah que realizou o enduro (Vocês fazem o “trem” direitinho, viu?)!

O Enduro foi bem duro mesmo e a tiroleza foi deliciosa! A tarde seguiu com ping-pong, futebol, tempo livre, bate papo, umas paqueras aqui e ali (mas todo mundo sabia das regras, proibído ficar e proibido começar a namorar no acampamento!), risadas, abraços e amizades, muitas amizades!

A noite prometia e não deixou a desejar, o som da Bandinha detonou e nos levou a louvar a Deus com toda a nossa energia jovial! A peça “O sonho” foi ótima e a rapaziada tá até agora querendo saber como o palhaço Cheveirinho fez as suas asas baterem. O Gilberto mais uma vez foi mensageiro do Senhor Deus e Ele falou aos corações e muitos alí choraram diante do desafio de assumir uma identidade cristã em meio à sociedade.

Depois do culto aconteceu a brincadeira noturna “O Detetive“. Oras bolas, quem diria que era a “Barbie no parquinho com o pé-de-cabra por ciúmes”!

E o chá e palco? A dancinha, o teatro de improviso e um delicioso chá com bolacha.

Claro que o último dia não poderia ser diferente. A sequência foi, Bandinha, Gilberto, a peça “A cruz” e Santa Ceia. Tudo com muuuuita emoção. No final, pessoas foram desafiadas a “estampar na testa a cruz de Cristo” e cerca de 20 pessoas aceitaram o desafio. Houve muito choro, muito abraço, muita oraç!ao e muito de Deus em nós através de Seu Espírito Santo.

Chegando aos finalmentes, almoçamos um delicioso strogonof de carne e a tarde ainda tivemos social com a equipe de animação MTP/MPC Curitiba.

Resumindo, posso dizer que “foi muito bom!” Foram momentos inesquecíveis que ajudaram a forjar nosso caráter cristão. Valores que carregaremos por toda a nossa vida.

Esperamos você no ano que vem, ok?

4 comentários

  1. Thomas H. em 9 de novembro de 2008 às 11:17

    Grande Cleber!

    Graças a Deus pela sua dedicação à obra Dele através dessa missão!

    Tenho a dizer que foi uma aniversário muito especial lavando prato, carregando equipamento, orando, vendendo camiseta da MPC Curitiba e acompanhando essa galerinha especial que esteve no Refinados!!

    Grande abraço,

    Thomas H.

  2. Beatriz em 12 de novembro de 2008 às 10:47

    Oxxxiiii
    Foi benção!! DO começo ao fim! Mão de Deus sobre nós desde o ônibus quebrado próxima a chácara e a parada no barranco, até a volta às nossas casas.

    Bão demais! Pior que eu nem soube q era aniversário do THomas.
    Aff, mals aí Thomas, e Parabéns super atrasado.
    O que eu sei é q ele perdeu a noite em claro fazendo o trabalho que não apresentou pra vir pro Refinados, isso eu soube.
    E o pior, pra morrer no Refinados!..hahah..coo Tonhão!

    Exemplo de sacríficio em favor da Obra de Deus, esse não tem medo meeessmooo!

    Agora fica a Pergunta: “Quando será o Reencontro com a galera toda?”

    Abração a todos, e Deus abençoe vcs!

  3. Cleber Sá em 14 de novembro de 2008 às 11:17

    O reencontro será no próximo refinados! 😉

  4. nicole.ud em 14 de novembro de 2008 às 13:17

    “Muito mais do q eu esperava ou imaginava”… serio foi maravilhoso…!!! Pude sentir Deus cuidando da gente desde o comeco do acampamento ateh o finalzinhu!!! É muito bom trabalhar p obra de cristo, ve-lo trasformando vidas e ao mesmo tempo.. a minha!!! Deus esteve presente durante todo o refinados… e isso fez cada segundo valer a pena!!!!

Deixe um Comentário